Luciano Calderon (1986) é um artista com sede na Suíça, Argentina e La Paz. O trabalho de Calderón aborda o que ele observou no mundo em torno dele. Seus anos de adolescência foram divididos entre a primitiva de capital suíça Berna, e o gueto sujo, mas animado de El Alto, Bolívia. O extremo contraste das duas culturas que ele foi cercado e aguçado à visão sociológica de Calderón,reflete o olhar de um estrangeiro mas também de um nativo da cultura sul americana.

 

Seu trabalho reflete questões culturais e dinâmicas sociais em que ele está inserido. Sob influências do estilo notório das tatuagens de gangues, a tecelagem boliviana tradicional, os padrões de tecidos, as cores, enfim , tudo que o cerca.

A tipografia que usa é típica da América do Sul, inspirado no pixação do Brasil e do estilo do tatuagem do notório Mara Salvatrucha; olha também para o estilo brilhante e corajoso de tecelagem tradicional boliviana, usando como referência em sua paleta de cores e padrões.

Calderón também é o criador de uma marca de roupas streetwear Lowlife clothes, onde cria estampas subversivas. Já trabalhou como editor na revista suíça Non Stop especializa em Grafitti, como colaborador nas revistas Clout Magazine (US) and Kind Regards (Amsterdam).

 

Atualmente Calderón vive e trabalha na Ville 31, um bairro da periferia de Buenos Aires.

Exposições:  2013 Untitled at This Is The Place Gallery / Brooklyn NY (USA). August 2013 Untitled at Alice Gallery / Bruxelles (Belgium) .2012 A Letter From Home at Seven Eleven Gallery / New York City (USA). October 2012 Counterparts at Forumkunst Rottweil / Rottweil Germany. Feira Parte – Stand Mini Galeria / São Paulo / Brazil. 2011 Street Dreams at Ruttkowski;68 /Cologne (Germany). Alto Viaje at HIC Gallery/ Buenos Aires (Argentina). 2010 Nunca De Rodillas at Atipaña / La Paz (Bolivia). Cinemateca Boliviana / La Paz (Bolivia). 2008 Top 3 at Mini Galeria / Belo Horizonte (Brazil)

8349857033_762f7544d9_z